• Planejamento e convocação de Assembleias Gerais Ordinárias ou Extraordinárias;
  • Registro do livro de atas, em conformidade ao disposto na Lei n.º 4.591, de 16 de dezembro de 1.964;
  • Registro de Atas no cartório;
  • Orientação na contratação de empregados, firmas especializadas em manutenção e locação de serviços de terceiros, em cumprimento as normas obrigatórias da DRT e demais órgãos competentes;
  • Orientação ao Condomínio, por intermédio do Síndico e ou Conselho Fiscal, nos setores administrativos em assuntos de interesse dos condôminos.
  • Emissão de boletos de taxas condominiais computadorizados sem custo adicional:
  • Mapa informatizado para controle do recebimento de obrigações condominiais;
  • Cobrança administrativa até 60 (sessenta) dias do vencimento das taxas de condomínio;
  • Calendário das despesas do condomínio;
  • Análise financeira e orçamentária das despesas condominiais, com rateio entre os condôminos para estudos e aprovação em assembleia;
  • Controle de pagamento das taxas condominiais – ordinárias, suplementares, extras, fundo de reserva e outras.
  • Prestação de contas mensais ao síndico, Conselho Fiscal e condôminos, em balancetes racionados, espelhando RECEITA / DESPESAS e saldo CONTA-CORRENTE, procedida conciliação bancária e escrituração documental;
  • Balanço de encerramento de exercício e prestação de contas do período contratado;
  • Observância à legislação vigente, com abertura de livros fiscais, Registro de Empregados e Inspeção do Trabalho, encaminhamento de relações fiscais e registros gerais – CAGED, RE, FGTS, INSS, Contribuição Sindical, CD, PIS e RAIS;
  • Elaboração de folha de pagamento, contra – cheques, encargos sociais, fiscais e trabalhistas, com antecedência mínima de 02 (dois) dias úteis, ao vencimento;
  • Administração de empregados com competente anotação na CTPS, no livro e demais registros necessários;
  • Demissão de empregados com legal baixa na CTPS, em livros apropriados e demais exigências sindicais e trabalhistas;
  • Cumprimento às normas sindicais homologadas na DRT, com as devidas alterações acordadas, constantes aprovações salariais e alterações de reivindicações classistas.
  • Aplicabilidade de multas convencionadas por descumprimento das responsabilidades expressa;
  • Cobrança ao inadimplente. Cobrança amigável ao condômino que atrasar pagamento a partir de 60 (sessenta) dias, sem qualquer ônus ao condomínio. Propositura de Ação Sumaríssima após interpelação, sem resolução.
  • Patrocínio de causas em prol do Condomínio junto ao TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO, SUPERIOR DO TRABALHO, em possíveis reclamações trabalhistas. Os honorários advocatícios não serão cobrados;